Blog pessoal de José Castanheira, membro do Partido Comunista Português, eleito na Assembleia Municipal de Olhão pela CDU, e candidato por esta coligação, à Presidência da Câmara Municipal de Olhão
publicado por Vai a Olhão, vai... | Quarta-feira, 15 Julho , 2009, 16:17

Inicio hoje a publicação dum documento que constitu a base da discussão, que se está a realizar no quadro da CDU, duma forma alargada, e que conta desde já (mas que ainda continuam a chegar contributos), com participações de técnicos e de independentes de diversas areas da vida do nosso concelho.

O documento é publicado neste blog, para melhor identificar propostas e projectos com rostos e pessoas.

Como primeiro responsavel pela candidatura CDU, cabe-me "dar a cara" por todos.

Faço-o, sem qualquer problema e sem qualquer pretensão de "vedetismo", mas sim, com total confiança na equipa que assume o projecto CDU

Como digo, o documento não está acabado,  embora seja desde já, fruto dum trabalho de equipa, que prossegue, norteado pelo objectivo de realizar um projecto global, coerente e participado e complementar nos seus diversos componentes.

Este documento,  consta dos seguintes capitulos:

 

I - Introdução

II - Uma Centralidade e uma Prioridade

III - Uma Estratégia para 10 anos

IV - 20 Medidas para os primeiros 100 dias

V - Um Programa para 4 anos!

VI - As candidaturas aos Órgãos Autárquicos!

 

Pela sua extensão, iremos procedendo à sua publicação por fases. Penso que assim se tornará, mais leve e de mais fácil leitura

Naturalmenteque este documento está aberto à participação e contribuiçao de todos os interessados (para isso podem usar os endereços electrónicos seguintes,  josemccastanheira@mail.com, ou concelhia.olhao@clix.pt).

 

Começamos então pelo Capitulo I -  Introdução

 

“POR OLHÃO! PELOS OLHANENSES!”

 
 I – INTRODUÇÂO
 
Em Olhão, a Cidadania não é respeitada!
Os cidadãos são marginalizados da participação na vida pública ao nível mais elementar.
Não são ouvidos, não são informados, não há Transparência na actual Gestão Autárquica. Uma rede tentacular controla a Autarquia e a vida da comunidade e abafa a Sociedade Civil.
Quase nada se faz sem a anuência do PS, em Olhão.
Hoje, há medo em Olhão!
Olha-se para o lado e baixa-se a voz...
É com este procedimento – apesar das bonitas palavras e das aparências – que o Partido Socialista tem conduzido, em mais de 30 anos, o nosso Concelho.
O Concelho de Olhão cresceu, mas tornou-se dormitório.
As questões económicas condicionam fortemente a vida da nossa comunidade. Cerca de 20 % da população vive no limiar da pobreza. O Desemprego atinge números alarmantes. As dificuldades são reais para muitos cidadãos do Concelho.
Bem podemos edificar Bibliotecas e Auditórios e outras estruturas, porque sem Industria; com um Turismo que não se sabe bem qual é; a Pesca, o Marisqueio e Actividades Afins, em grandes dificuldades; com a Agricultura e o Comercio Tradicional, abandonados; cada vez mais, os Olhanenses terão que ir buscar sustento fora da terra.
O concelho de Olhão, cresceu, mas não se desenvolveu!
A Ria Formosa está abandonada, doente e não parece haver vontade de a cuidar, tratar e revitalizar
O Ambiente, é o que se sabe, com todo o tipo de atropelos e “deixa andar”.
O Urbanismo e as Obras são fonte de grande controvérsia e suspeição de compadrio e promiscuidade
Na Saúde, temos a incerteza; na Educação, temos as contradições; na Segurança, temos a insegurança.
A Assistência Social foi partidarizada a um nível difícil de superar. A Cultura vem de fora, importada; o Património, é tratado conforme os devaneios; o Desporto, subsidiado de forma pouco transparente.
A Limpeza é suja ou até inexistente.
As Juntas de Freguesia vivem da “boa vontade” e dos “humores”, do Sr. Presidente da Câmara.
Estas são algumas “pinceladas” num retrato, que nem sequer está "carregado" de pessimismo.
É visto e sentido por muita gente que passa dificuldades ou vive mal.
Este retrato é também a visão de largos estratos da população do concelho de Olhão, que não se revêem nos milhares de euros gastos em festas e romarias, que as diversas equipas camarárias, encabeçadas pelo Eng. Leal, procuram camuflar a incompetência em resolver os reais e estruturais problemas do concelho de Olhão e da sua população. 
Basta! Não é isto que queremos para Olhão!
A CDU assume-se com outro rumo e como alternativa!
 
 

 


Custóide a 17 de Julho de 2009 às 18:02
Se isto é o retrato, a realidade então deve ser bonita.
Mas do que me apercebo, tem muito de verdade, embora possa doer a muita gente.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO