Blog pessoal de José Castanheira, membro do Partido Comunista Português, eleito na Assembleia Municipal de Olhão pela CDU, e candidato por esta coligação, à Presidência da Câmara Municipal de Olhão
publicado por Vai a Olhão, vai... | Segunda-feira, 19 Janeiro , 2009, 07:08

Ontem, passava pelo interior da Freguesia de Pechão (onde resido), e reparei em vários anúncios de terrenos em venda e por outro lado terras que me pareceram ao abandono.

Provavelmente no interior das outras freguesias rurais, a situação é igual ou parecida...

Esta visão fez-me lembrar as diversas vezes em que na Assembleia Municipal, coloquei ao Presidente Leal, várias questões sobre a Agricultura no Concelho, tais como:

 - Quantos Agricultores existem em Olhão?

 - Quantas pessoas dependem da Agricultura, para viver?

 - Quantas explorações agrícolas existem em Olhão?

 - Qual a dimensão média da exploração agricola, em Olhão?

 - Que géneros agricolas são mais produzidos no Concelho?

 - Quantos agricultores de Olhão se tinham candidatado a apoios par a aplicação de medidas agro-ambientais?

 - Quantos já tinham recebido essas ajudas?

 - Qual o peso da Agricultura no rendimento Concelhio?

 - Quem é o responsavel na Câmara de Olhão pelas questões da Agricultura?

O Presidente da Câmara, Eng Leal, não soube responder a uma unica destas perguntas.

Não soube...! Nem disse que ia informar-se... Nada! Zero sobre Agricultura...

É que nem sequer existe na Câmara o pelouro da Agricultura...

Mas se por acaso lhe tivesse perguntado quanto cobra a Câmara de taxas aos vendedores do mercado da verdura, ou àqueles que vêm vender ao sábado, se calhar sabia...

O que chamar a isto?

Insensibilidade perante um sector que vai decaindo?

Irresponsabilidade?

Incapacidade?

Provávelmemnte um pouco de tudo isto.

Mas o que revela é que o Olhão da Agricultura, não existe na cabeça do Eng Leal!

E mesmo sem números exactos, não tenho duvidas que para muitos habitantes de Olhão a Agricultura é um modo de vida e por ela pagam as suas contribuições e impostos.

Para isso servem...

Se os Agricultores se juntassem e estivessem organizados e mostrassem a força social e eleitoral que podem constituir, talvez fossem olhados doutra forma.

É que Olhão tem condições excepcionais, por exemplo, para a Agricultura de primores, se forem apoiados ou encaminhados para quem os apoie..

Assim, estão entregues a si próprios...

 

José Castanheira


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO