Blog pessoal de José Castanheira, membro do Partido Comunista Português, eleito na Assembleia Municipal de Olhão pela CDU, e candidato por esta coligação, à Presidência da Câmara Municipal de Olhão
publicado por Vai a Olhão, vai... | Domingo, 22 Fevereiro , 2009, 21:30

Parece um assunto pouco elevado e mesmo comezinho, mas muitos Olhanenses estarão recordados da polémica que se instalou, quando se soube em Olhão que havia professores a pedir aos pais, para ajudarem as escolas por diversos meios, pois nem dinheiro para papel higiénico tinham...

Na altura o Eng Leal, desdobrou-se em declarações, dizendo não saber o que se passava (depois veio a saber-se que ele não dizia a verdade, pois estava realmente informado) e até afirmou que havia vários milhões de euros para a Educação.

Por curiosa coincidência, e em completo seguidismo em relação ao Governo Socrates, o eng Leal diz que a Educação sempre foi uma prioridade (o que pode ser desmentido pelos orçamentos da Câmara de Olhão dos ultimos 6 ou 7 anos...) e então anunciam-se em grandes cartazes a construção de um sem número de escolas, em Olhão.

Oxalá venham as escolas, mas eu não tenho a certeza que assim será, nem para quando será...

Mas sei que estamos em ano de eleições e que fica bem junto dos pais das nossas crianças tanta preocupação e desvelo para com a Educação.

Também não sei o que pensam os professores desta súbita paixão...

E realmente parece haver dinheiro.

Pelo menos para pagar os 3 ou 4 enormes out-doors, que eu já vi (que são pura propaganda do Partido Socialista, paga por todos nós), e cujo custo de cada um deles, provavelmente dava para comprar papel higiénico para todas as escolas de Olhão durante um ano.

É esta a gestão do PS, em Olhão!

É esta a dúbia ou dúplice actuação do eng Leal!

E é para isto que os Olhanenses têm votado?

 

José M Castanheira


Mano João a 23 de Fevereiro de 2009 às 01:08
Não podemos ter a memória curta quando for a hora de ir a votos.
Esta propaganda é fraudulenta.
Este outdoor pregado na parede do antigo cinema é, no mínimo, hilariante para quem não conheça a realidade da educação em Olhão.
Gostava de perceber a matemática dos números apresentados, nomeadamente os do pré-escolar. Vão abrir mais salas, mas que não as façam roubando espaço ao espaço das escolas do 1º ciclo. Onde brincam as crianças? Vão abrir mais salas, mas apetrechem adequadamente as existentes. Não acenem com computadores e depois não falhem com a instalação de programas e com o pagamento da internet.
É um folclore, é um fogo de artifício. E quem os ouve falar nas sessões de abertura de um qualquer congresso ou conferência fica boquiaberto com os argumentos e com a lista de feitos.
Olhão é uma cidade estagnada e cristalizada num poder contínuo de muitos anos, sem brilho nem glória.


Haja saúde
Mano João


Zé Faz de Conta a 24 de Fevereiro de 2009 às 15:21
Antes de justificar a minha identidade, faço questão de saudar o responsável por este blog que, democraticamente e fruto de uma dedicação desinteressada e em defesa de um ideal justo e com equidade, contribui da forma possivel para uma informação que sinceramente a maioria da população desconhece. De referir que neste país "de faz de conta", cedo me apercebi que valores morais deixaram de possuir qualquer importância, sou do tempo em que através de um aperto de mão se assumia e honrava um compromisso. Hoje assistimos a um "fartai vilanagem" onde o respeito deixou de cohabitar com o ser humano que somos. Quem é que hoje, seja em que lugar for ouve alguém pedir, com licença, por favor, desculpe, obrigado, etc., etc. Não estou aqui para defender quem quer que seja, mas neste "país de faz de conta", enquanto quem preverica e prejudica (gravemente) não for alvo de um castigo exemplar, teremos de assistir a uma porta aberta para justificar todos os crimes de gravidade abaixo dos exemplos maiores. Já é voz corrente, que os grandes saiem sempre impunes, vejam-se os casos mais recentes do BPN e BPP e outros que estão no trilho.
É a primeira vez que escrevo algumas linhas para um blog, contudo sou um Visitante assiduo deste e de outros blogs que, salvo melhor opinião pecam por escassos e pela falta de comentários criticos construtivos. Não podemos deixar de reconhecer que este blog, além de por um lado defender e informar a população do Concelho de Olhão, tem na sua mira a gestão do município e de alguns dos seus responsáveis, muito embora também lhes reconheça culpas no cartório. Falamos de politica e dos politicos, no entanto temos de reconhecer que a gestão autárquica local, deveria e poderia com os mesmos custos promover outros feitos, definir prioridades, estar no terreno ao lado dos que precisam, apoior e promover o desenvolvimento do Concelho, melhorar a relação com os municipes e com a oposição, saber ouvir quando a intenção é a de melhorar o desempenho, tirar proveito da criatividade e do trabalho comunitário que muitos de forma desinteressada desenvolvem. Defacto nada disto acontece, estamos parante uns barrigas-cheias, que durante muito tempo residem nos bunkers do municipio e em ano de eleições saem da toca e prometem tudo e a todos. Basta, devemos ser capazes de independentemente da côr que ostentam valorizar ou penalizar o seu trabalho em função dos resultados práticos visiveis e em defesa da comunidade, sem esquecer que agradar a todos, senão impossivel é extremamente dificil, mas que as desigualdades e os favorecimentos sejam banidos ou menos acentuados. Prometo voltar com outras análises, esta vai longa, por isso em próxima oportunidade justificarei o porquê do "ZÉ FAZ DE CONTA". Cumprimento todos quantos possibilitam e defendem este modelo de critica construtiva, sem que antes de me despedir refira que "Cego não é aquele que não vê, mas sim aquele que não quer ver". Até à próxima.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO