Blog pessoal de José Castanheira, membro do Partido Comunista Português, eleito na Assembleia Municipal de Olhão pela CDU, e candidato por esta coligação, à Presidência da Câmara Municipal de Olhão
publicado por Vai a Olhão, vai... | Segunda-feira, 14 Setembro , 2009, 09:00

 

Pois foi.

Sala cheia de gente para participar no jantar-comício que a CDU promoveu na passada sexta-feira, no Restaurante o “Franguinho”, em Olhão.

Sala cheia, homens, mulheres, jovens, engalanada, cheia do colorido das bandeiras, vibrante de entusiasmo e confiança.
A sala não levava mais gente. Quem conhece, sabe que são centenas de lugares sentados.
Na mesa, candidatos às eleições para a Assembleia da Republica e às Autárquicas, bem como dirigentes do PCP e da CDU.
 
 
As “honras da casa” foram feitas por José Castanheira, candidato pela CDU à Câmara de Olhão, que saudou todos os presentes e que lhes transmitiu que em Olhão, apesar dos problemas de mais de 30 anos de governação socialista, desde o definhar das actividades económicas, passando pelas questões da Ria Formosa e do Ambiente, até ao desemprego e à exclusão social, a CDU, tem propostas e candidatos para os resolver e assume-se como alternativa, afirmando que a CDU faz falta na Câmara de Olhão.
Paulo Sá, professor na Universidade do Algarve e cabeça de lista pela CDU, às Eleições Legislativas pelo Circulo de Faro, falou dos problemas da Região, que não têm eco na Assembleia da Republica, porque praticamente nunca se ouviu a nenhum dos deputados eleitos pelo Algarve, qualquer intervenção sobre esses mesmos problemas.
Paulo Sá frisou que apesar da CDU, ter ficado a muito poucos votos de eleger um deputado, tal não impediu que o Algarve fosse levado à AR por outros deputados do PCP ou do Partido Ecologista Os Verdes e que a Região precisa dum deputado CDU.
Jerónimo de Sousa, frequentemente interrompido e aplaudido, desmistificou a tese de que ou se vota Sócrates ou se vota Ferreira Leite, pois no Algarve os eleitores vão eleger 8 deputados e nenhum deles se chama assim.
Chamou a atenção para o facto de as sondagens atribuírem sempre à CDU, valores inferiores aos que a Coligação acaba por registar nas urnas.
Afirmou a terminar, que o Povo Português não está condenado à alternância. A CDU tem todas as condições quando o povo assim o entender para assumir quaisquer responsabilidades politicas.
 
Foi de facto uma grande iniciativa.
Como nunca se realizou outra assim, em Olhão.
 
José Castanheira
 

 


UMA CONFUSÃO ! a 16 de Setembro de 2009 às 12:35
Essa é boa,votou o polís e depois foi fazer queixa ? qual queixa? diz que fez queixa mas não fez,nem era aceite porque votou a favor.
Há grande J.valério.

Anonimato a 16 de Setembro de 2009 às 12:45
Anonimato porque os provocadores não merecem mais.
Outra vez o polís ? já foi escrito,dito,explicado,esmiuçado,comparado,declarado, a posição da c.d.u.. A provocação é o vosso vocabulário.

Quando não é o polis é a grua. é a placa da obra é o anti comunismo na sua mais pura vertente.
A caravana passa e os provocadores ladram !

j.valério a 16 de Setembro de 2009 às 15:11
provocadores? será que é ser provocador fazer perguntas?
por exemplo gostei daquilo que a cdu,fez com o desporto ao votar contra a verba da cmo para as obras no estádio j. arcanjo.pois essas obras servem para gerar receitas a uma equipa de futebol profissional.
mas a cdu não sabe tirar partido disso e cala-se em vez de fazer queixa.
agora não gostei do castanheira andar a imitar o leal nas elições europeias com a candidata ás aut´rquicas de pechão a fazer o mesmo que o leal.ou seja a andar a disribuir bacalhaus nas mesas de voto.
quem não aceita criticas ,é de duvidar que se fosse presidente da cmo ,não fizesse o mesmo que o leal.
qual a razão que os verdes da cdu não se pronunciam pelos crimes ambientais na ria formosa?ou não existem esses crimes,o principal problema não são as amêijoas,é todo o ecosistema que está a ser posto em causa; o homem é posto em causa mas o homem não está isento de culpas do que se passa na ria,ao aumentar as cotas dos viveiros e de andarem com as estacas,dos mesmos.

Anonimáto II a 16 de Setembro de 2009 às 22:15
Só espero que nestas eleições não se repita essas cenas, porquê ! se tivermos todos os mesmos procedimentos, como podemos críticar os outros.
J. Valério ainda foi o unico que não fez isso,mas tambêm é o unico que~ainda não foi eleito.veremos no futuro.

Já agora o Custóide era leiteiro, de nome porque a despachar, era metade agua e metade leite.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO