Blog pessoal de José Castanheira, membro do Partido Comunista Português, eleito na Assembleia Municipal de Olhão pela CDU, e candidato por esta coligação, à Presidência da Câmara Municipal de Olhão
publicado por Vai a Olhão, vai... | Sexta-feira, 24 Abril , 2009, 13:52

Hoje não posso deixar de escrever algo sobre o 25 de Abril, designadamente na nossa terra.

A CDU organiza 2 almoços, na Fuzeta e em Pechão, onde participarão cerca de 200 pessoas.

A CDU é práticamente a unica força política que todos os anos comemora esta data em Olhão, normalmente realizando almoços nas diversas freguesias. Nenhuma outra força política o faz. O PSD, não sei porquê, não me lembro de alguma vez o ter assinalado. Mas pode estar a "escapar-me" alguma coisa. O Partido Socialista, "apaga-se" e "esconde-se atrás da Câmara. Esta por sua vez, tirando o içar da Bandeira, apresenta as realizações das colectividades e das juntas de Freguesia, como as suas comemorações...

Bom, adiante.

Aquilo que pretendo transmitir é que me parece que o 25 de Abril, ou ainda não chegou completamente a Olhão, ou então chegou cá, viu o Eng Leal e o Partido Socialista "alapados" (perdõem a expressão) em tudo o que é sitio e foi-se embora.

Sim, porque se o Eng Leal não responde aos requerimentos dos deputados municipais, se não responde às perguntas dos cidadãos, se quando as associações não estão em linha com o que ele pensa ele retalia, se os cidadãos estão marginalizados da vida da comunidade, se não há transparência e se não se esclarecem devidamente as suspeições, se se chantageiam pessoas que admitem simpatizar com as proposas da CDU, se muita gente tem medo de dar a sua opinião ou tomar posição sobre os mais diversos problemas, com medo das retaliações do Eng. Leal, isto é democracia? Foi para isto que se lutou pelo 25 de Abril?

Hoje é um acto de coragem exprimir em Olhão, uma opinião diferente do Eng Leal e do polvo do Partido Socialista.

Mas podem contar que não me calarei! E como eu, todos aqueles que integrarão as listas da CDU.

Mas apesar de tudo e talvez por isto tudo, VIVA O 25 DE ABRIL!

 

José Castanheira 


JosuéTavares Marques a 26 de Abril de 2009 às 11:34
Aquele içar da Bandeira, melhor das Bandeiras, explica pouco, ou mesmo nada, o que foi o 25 de Abril. Comemorar o 25 de Abril apenas e só com o içar das Bandeiras é a coisa mais banal que se faz, é como que uma falta de respeito ao 25 de Abril que nos trouxe a madrugada libertadora. Os Capitães de Abril merecem mais respeito. Todos os anos, apesar de ter uma opinião negativa a esta avessa forma de comemorar Abril, lá estou, e todos os anos oiço algumas pessoas perguntar «afinal o que é isto, que cerimonia é esta. E não é 1, nem 2, nem 3, é muito mais.

Depois queixamo-nos, melhor dizendo lamentamos o facto de a juventude não saber o que é o 25 de Abril e o que significa a sua data, ou inclusive não saber quem foi que o 25 de Abril derrubou, se Marcelo Caetano ou Salazar.

Seria muito dispendioso para a Câmara convidar um Capitão de Abril, ou um dos muitos antifascistas que por ter lutado pela liberdade de expressão, manifestação e opinião, pela própria democracia, passaram parte da sua vida privados da liberdade e torturados nas masmorras da PIDE? E quantos destes morreram nas masmorras da PIDE e outros assassinados cruelmente em plena rua pela fera fascista?

Em homenagem à sua memoria, 25 de Abril Sempre, Fascismo Nunca Mais.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO